Sistema da Qualidade

A Electrolinhas encontra-se certificada no Sistema de Gestão da Qualidade pela NP EN ISO 9001, no âmbito “Coordenação e Execução de Projetos de Infraestruturas Elétricas, Construção Civil e Arquitetura” E “Gestão de Projetos e Fiscalização de Obras de Infraestruturas Elétricas e Construção Civil”.

Para visualizar a nossa política clique aqui

banner
Política de Confidencialidade

Por Informação Confidencial entende-se toda e qualquer informação que não poder ser divulgada ou estar disponível/acessível a qualquer um, ou seja, informação eletrónica, escrita ou falada da qual o Colaborador tiver acesso dentro da ELECTROLINHAS, incluindo: dados da Empresa, seus Clientes, Fornecedores, Colaboradores e demais partes interessadas, bem como de relatórios de órgãos reguladores, autorreguladores e do poder público, dados de inspeções e fiscalizações e demais informações de propriedade da ELECTROLINHAS

Saiba mais

 
Código de Ética e Conduta Profissional

A Administração da Electrolinhas acredita que este Código, conjuntamente com as demais Políticas da empresa, contemplam as regras mínimas de que são fundamentais para o exercício da nossa atividade de forma apropriada e pontua cada princípio do Código de Ética, que deve ser observado pelos Colaboradores da ElectrolinhasA Administração da Electrolinhas acredita que este Código, conjuntamente com as demais Políticas da empresa, contemplam as regras mínimas de que são fundamentais para o exercício da nossa atividade de forma apropriada e pontua cada princípio do Código de Ética, que deve ser observado pelos Colaboradores da Electrolinhas

Saiba mais

 
Estrutura Organizativa
Saber mais
Projectos e Obras Realizados
  • Linha Carregado-Rio Maior 4, a 400 kV;
  • Modificação das linhas Rio Maior-Trajouce a 220 kV e da Linha Alto Mira-Carriche, ramal para Trajouce, a 220 kV;
  • Subestação da Carvoeira – Instalação inicial (220/60 kV);
  • Subestação de Portimão – Auto transformador 400/150 kV, 450 MVA e painel de linha a 400 kV;
  • Subestação de Ferreira do Alentejo – Ampliação e instalação do 2º Auto transformador, 400/150 kV, 250 MVA;
  • Linha Alto Lindoso-Riba d’Ave, a 400 kV – Desvio para a Subestação de Pedralva;
  • Linha Sines-Portimão ½ e Portimão-Tunes ½ , a 150 kV;
  • Desvio da Linha Caniçada Oleiros, a 150 KV;
  • Desvio da Linha Carregado-Carriche para a SE de Fanhões, a 220 kV;
  • Parque Eólico de Bornes – 24 Turbinas Eólicas de 2,5 MW e Subestação 60/30 kV, 70 MVA;
  • Parque Eólico de Lousã II – 2 Turbinas Eólicas de 2,5 MW e Subestação 60/30 kV, 60 MV;
  • Parques Eólicos de Chão Falcão II e III – 20 Turbinas Eólicas de 2,3 MW e Subestações 60/20 kV;
  • Linha de Interligação entre a SINECOGERAÇÃO (GALP) e a Subestação de Sines (REN), a 150 kV;
  • Parque Eólico de Bornes (60 MVA, com 24 Turbinas de 2,5 MVA);
  • Parque Eólico de Lousã II (50 MVA, com 20 Turbinas Eólicas de 2,5 MVA);
  • Parques Eólico de Chão Falcão II e III (46 MVA, com 20 Turbinas Eólicas de 2,3 MVA).